Feeds:
Posts
Comentários

Posts com Tag ‘saúde’

Image

A Federação Nacional dos Médicos (FENAM) em conjunto com o Conselho Federal de Medicina (CFM) e Associação Médica Brasileira (AMB) convocam coletiva de imprensa para a próxima quarta-feira (26), em São Paulo, para anunciar um calendário de manifestações e uma possível greve nacional dos médicos brasileiros contra a importação de médicos formados no exterior.

Após pronunciamento da presidenta Dilma Rousseff, na última sexta-feira (21), de que irá “trazer de imediato milhares de médicos” estrangeiros para atuarem no Brasil, um clamor social foi iniciado nas redes sociais para que as entidades médicas organizem a mobilização.

O presidente da FENAM, Geraldo Ferreira, que em nome da entidade representa 53 sindicatos médicos em todo o país, não vê, diante do exposto, outra alternativa senão uma paralisação geral da categoria como forma de alerta e protesto contra a medida.

“Afinal a quem o Governo quer entregar a saúde da população? A iniciativa põe em risco a saúde das pessoas. Não podemos colocar médicos para atender a saúde do povo sem sabermos se eles têm conhecimentos e competências para diagnosticar doenças típicas brasileiras. Esses médicos não entenderão as demandas dos pacientes, não falarão nossa língua e o pior, não saberemos a procedência nem o nível de qualificação destes profissionais,” enfatiza Ferreira.

A FENAM defende de forma emergencial que o Governo realize concurso público nacional para dar oportunidade aos médicos brasileiros de trabalharem de forma adequada, com salários justos e condições de trabalho.

“Cerca de 17 mil médicos são lançados anualmente no mercado brasileiro. Muitos estão subempregados, vivendo de bicos ou com contratos precários . Um concurso público, com atrativos e salários decentes resolveria o problema a curto prazo,” destaca Ferreira.

Na ocasião, o vice-presidente da Confederação Médica Latino Americana e do Caribe (CONFEMEL), Douglas Natera, abordará as experiências negativas já enfrentadas na America do Sul com a importação de médicos.

Os presidentes do CFM, Roberto D´Ávila, e da Associação Médica Brasileira, Florentino Cardoso também estarão presentes para esclarecimentos.

COLETIVA DE IMPRENSA
Dia 26 de junho (quarta-feira)
Horário: 10h
Local: Sede da Associação Médica Brasileira
Rua São Carlos do Pinhal, 324 – Bela Vista – São Paulo – SP 

Informações: 
Assessoria de Comunicação da Federação Nacional dos Médicos (FENAM)
(61) 3042 3706 ou (61) 9802-8751
http://www.fenam.org.br | imprensa@fenam.org.br

Read Full Post »

A Federação Nacional dos Médicos (Fenam) e os presidentes dos sindicatos se reuniram na manhã de hoje (18), em Brasília, para discutirem alguns pontos de relevância da categoria médica.

DSCN4543

Diante das pautas, um dos assuntos mais discutidos foi a participação da Fenam, defendendo a saúde pública, nas manifestações de todo o Brasil. “Este é um momento importante para a saúde mostrar que também tem voz e vez, a saúde do Brasil necessita de representatividade”, comentou o presidente da Federação, Geraldo Ferreira.

Para o Secretário de Direitos Humanos, José Murisset, a participação da saúde com representantes do povo é um passo novo, “estamos evoluindo e vamos ter que segmentar o que será reivindicado, é preciso ter prudência e cautela.”

“Vamos exigir, com nossas bandeiras, uma saúde de qualidade para toda nossa população”, finalizou Geraldo.

Durante a reunião um ofício foi escrito convidando todos os sindicatos do Brasil para participarem do manifesto próximo dia 20. Confira abaixo o documento!

 

Fonte: Viviana Lira

Read Full Post »

Mobilizações de abril; movimento médico brasileiro; recursos para a saúde e discussão sobre financiamento são alguns dos temas do Boletim da Comissão Nacional Pró-SUS nº 19 do mês de Abril. Confira abaixo!

Fonte: AMB, CFM, FENAM

Read Full Post »

Nessa quarta-feira (20), o presidente da FENAM, Geraldo Ferreira, recebeu a professora de Direitos Humanos e advogada da União na Secretaria de Direitos Humanos da Presidência, Aline Albuquerque, com o intuito de avançar com parcerias para a defesa dos Direitos Humanos. A ideia é realizar ações de capacitação, como cursos, palestras, seminários e estudos para aprofundar o debate sobre a questão no âmbito da saúde brasileira. Ferreira ressaltou que a entidade dará todo o apoio de infraestrutura.
Image
Na ocasião, foram apresentadas e analisadas uma pesquisa intitulada “Implementação do Direito à Saúde no Brasil”, realizada pelo Ministério da Saúde e também uma cartilha de Direitos Humanos, elaborada pelo Centro Universitário de Brasília (UniCEUB).

A abordagem dos documentos propõe a articular os fatores sociais associados às iniquidades em saúde, a responsabilidade governamental na redução das mesmas e as demandas dos usuários dos sistemas de saúde. No contexto global, a pesquisa promove uma plataforma internacional de discussão, destinada à troca de experiências e à reunião de instituições de vários países. 

Albuquerque, que palestrou em última reunião da diretoria executiva da FENAM, foi convidada a participar de audiência pública da assembleia legislativa sobre Saúde e Direitos Humanos, que ocorrerá em no próximo mês, em Natal. O evento faz parte do projeto da entidade que tem por objetivo estimular cada estado na discussão do tema que é considerado pelo presidente, “crucial em um momento de falência no setor público de saúde”. 

 
Fonte : Fernanda Lisboa

Read Full Post »

Representantes da Federação Nacional dos Médicos (FENAM) vistoriaram a situação de trabalho dos colegas e o atendimento da população em Salvador (BA). A Maternidade de Referência Prof. José Maria de Magalhães Netto, recebeu uma atenção maior da comitiva devido à greve dos médicos que se iniciou há 12 dias. Os profissionais reivindicam o direito de ter carteira assinada, piso FENAM e melhores condições para trabalhar. O presidente da Federação Nordestina dos Médicos, José dos Santos Menezes, fala sore o caso e o presidente da FENAM reforça a importância da luta e união do movimento médico.

Assista aqui a reportagem completa: http://web.fenam2.org.br/tv/showData/403254

Em Salvador (BA),  Maternidade de Referência Prof. José Maria de Magalhães Netto têm pacientes nos corredores.

Em Salvador (BA), Maternidade de Referência Prof. José Maria de Magalhães Netto têm pacientes nos corredores.

Read Full Post »

Fonte: Taciana Giesel/FENAM

Já estão abertas as inscrições para o IV Encontro de Comunicação das Entidades Médicas. Com o tema: “Como fazer mais e melhor, o evento, tem como objetivos estimular o intercâmbio de experiências entre as diferentes entidades do movimento médico, promover práticas de planejamento em comunicação, discutir a relação entre as entidades e a mídia, avaliar o uso das tecnologias em comunicação, especialmente das novas mídias e qualificar a parceria entre técnicos de comunicação e dirigentes das entidades médicas.

Promovido pela Federação Nacional dos Médicos e pelo Conselho Federal de Medicina o encontro que será realizado nos dias 29 e 30 de novembro, em Curitiba, conta com a parceria da Associação Médica Brasileira, Sindicato dos Médicos do Paraná e Conselho Regional de Medicina do Paraná.

As inscrições podem ser feitas com o envio do formulário abaixo preenchido para o seguinte endereço eletrônico: secretaria@fenam.org.br.

Os interessados devem especificar no campo assunto da mensagem a informação INSCRIÇÃO PARA O IV ENCONTRO DE COMUNICAÇÃO DAS ENTIDADES MÉDICAS.

Em caso de dúvida, é só entrar em contato com a sede da FENAM, pelo telefone (61) 3042-3700.

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO

IV FÓRUM DE COMUNICAÇÃO DAS ENTIDADES MÉDICAS

Nome:

Entidade:

Cargo/ Função:

Profissão:

Endereço para correspondência:

E-mail:

Telefone:

Confira a programação preliminar do evento!

Read Full Post »

Dados detalhados sobre a cobertura assistencial podem ajudar pacientes a decidirem pela contratação e médicos pela adesão aos planos de saúde
As entidades médicas nacionais exigem da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) transparência nas informações sobre a cobertura assistencial oferecida pelos planos de saúde. Em documento entregue nesta sexta-feira (26), a categoria pediu a urgente divulgação de dados como a quantidade e a distribuição geográfica dos leitos hospitalares e de UTI, laboratórios e médicos disponíveis. Para comprovar o desequilibro entre o crescimento da demanda no setor e a oferta dos serviços, os médicos também entregaram à agência reguladora uma série de reportagens, pesquisas e estudos que sugerem uma iminente crise na saúde suplementar.
O documento, assinado pelos presidentes da Associação Médica Brasileira (AMB), Conselho Federal de Medicina (CFM) e Federação Nacional dos Médicos (FENAM), é um desdobramento das reivindicações que levaram os médicos ao protesto nacional de 15 dias contra os abusos dos planos de saúde. Para as lideranças médicas, somente com o acesso público a informações detalhadas do setor, será possível evitar excessos cometidos por alguns empresários, assegurando, sobretudo, o bom funcionamento da saúde suplementar no país.
De acordo com Geraldo Ferreira, presidente da FENAM, a saúde suplementar teve seus objetivos desvirtuados em função do modo como os empresários do setor têm operado, ou seja, com foco no lucro e ignorando necessidades apontadas pelos pacientes e profissionais. “Os problemas existentes se acumulam e comprometem, sobremaneira, a assistência oferecida aos cerca de 50 milhões de brasileiros que fazem uso dos serviços contratados”, avalia.

Na avaliação das entidades, com a estabilidade econômica e o aumento do poder aquisitivo da população, o volume de clientes dos planos e seguros de saúde cresce significativamente a cada ano. Por outro lado, inúmeros relatos levaram os médicos a questionar se as redes assistenciais (lista de médicos conveniados, leitos e laboratórios disponíveis) acompanharam essa evolução.
“Além de permitir o controle social, a transparência sobre os dados da cobertura assistencial pode ajudar o paciente a decidir se ele contrata ou não um plano. Para os médicos, o acesso aos dados permitirá que ele avalie se o plano oferece infraestrutura e condições de trabalho suficientes para atendimento em uma determinada região”, argumenta Roberto d’Ávila, presidente do CFM.
Insatisfação generalizada – Os médicos também entregaram à ANS um dossiê com reportagens, pesquisas e um estudo do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) que sugerem o estrangulamento da rede assistencial oferecida pelos planos de saúde. Além dos relatos da imprensa, as recentes pesquisas realizadas pelo Instituto Datafolha, a pedido da Associação Paulista de Medicina (APM), confirmam a insatisfação entre os médicos que atendem os convênios e a população que faz uso destes planos.
“Acreditamos que a Agência, órgão responsável pelo acompanhamento e regulação do setor, deve repassar os dados que possui à sociedade e se não os detiver deve tomar providências junto às empresas. Estes gestos seriam entendidos como compromisso da ANS com o interesse coletivo, sendo uma postura contrária injustificável diante do país”, afirma Florentino Cardoso, presidente da AMB.
O que os médicos querem – Levando em conta que planos e seguros separam sua clientela e rede assistencial por produto (tipo de plano ou seguro) comercializado, as entidades médicas nacionais reivindicam o acesso às planilhas que consolidem a cobertura contratada. A ideia é resgatar, na perspectiva de uma série histórica, dados registrados desde a criação da ANS.

Acesse o documento na íntegra:

Read Full Post »

O Boletim em áudio da CAP deste mês de outubro trata das emendas que foram propostas, pelas entidades médicas (FENAM, CFM e AMB), ao Projeto de Lei 4369/2012, o qual reajusta a remuneração dos servidores públicos federais. O objetivo é resgatar a diferença sofrida na gratificação de desempenho de atividade médica (GDM) em relação às das demais carreiras.

O assessor parlamentar da CAP, Napoleão Puente Salles, em entrevista à Rádio FENAM, explica que o PL 4369 é consequência da MP 568/12.

“O Governo quando regulamentou a MP 568, retirou os médicos do ‘carreirão’ da Previdência, Saúde e Trabalho (PST). Para as outras profissões que permaneceram na área, houve um aumento da gratificação com média de 59% e os médicos ficaram fora desse reajuste”.

As entidades médicas, através da Comissão de Assuntos Políticos (CAP), estão reivindicando junto à Câmara e aos Ministérios do Planejamento e Saúde que o aumento também seja dado à categoria médica. O deputado Mauro Nazif (PSB-RO), depois de articulação com a CAP, apresentou duas emendas para recolocar a GDM e mudar as tabelas no PL 4369. A proposição está sob relatoria do deputado Sebastião Bala Rocha (PDT-AP) e aguarda parecer na Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público (CTASP).

“Vai ser um trabalho político árduo. É preciso pressão nos estados perante os deputados e o próprio executivo. O governo pode alegar não ter previsão orçamentária, mas a MP já previa esse gasto para os médicos. A CAP considera esse projeto de alta prioridade e vai ter um grande trabalho daqui para frente”, concluiu Salles.

Ouça a íntegra aqui!

Read Full Post »

O Hospital das Forças Armadas (HFA) lançou edital de abertura de Processo Seletivo Público destinado a selecionar 37 profissionais, para vagas de Médico nos programas de Residência Médica (PRM) da instituição, em 2013. O concurso será organizado pelo Cetro Concursos Públicos, Consultoria e Administração.

As oportunidades são nas áreas de Anestesiologia, Cardiologia, Cirurgia Geral, Cirurgia Plástica, Cirurgia Vascular, Clínica Médica, Coloproctologia, Gastroenterologia, Medicina Intensiva, Obstetrícia e Ginecologia, Oftalmologia, Ortopedia e Traumatologia, Otorrinolaringologia, Pneumologia, Psiquiatria, Radiologia e Diagnóstico por Imagem e Urologia.

A inscrição poderá ser efetuada via Internet, no endereço eletrônico da Cetro Concursos (www.cetroconcursos.org.br), no período entre 09 horas do dia 22 de outubro e 23 horas e 59 minutos do dia 09 de novembro de 2012, observado o horário oficial de Brasília.

Read Full Post »

O Dia do Médico é comemorado nesta quinta-feira (18). O presidente da Federação Nacional dos Médicos (FENAM), Geraldo Ferreira, em nome da entidade e do movimento sindical parabeniza a todos os médicos brasileiros por essa data especial. Em suas palavras ele destaca as lutas e as vitórias da categoria, ressaltando que a missão tem sido cumprida. E ao final, também deseja que as aspirações tornem-se realidade.

 

Read Full Post »

Older Posts »

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 7.037 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: